Destaque

Covid-19 : Rondônia quebra a marca de 200 mil contaminações

Rondônia registrou nas ultimas 24 horas, 643 novos casos e 16 óbitos pelo novo coronavírus, segundo o boletim divulgado nesta quarta-feira, 28, pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa).

Conforme Agevisa, o Estado acumula 211.171 casos confirmados e 5.123 mortes por complicações da doença.

De acordo com Secretária Estadual de Saúde (Sesau), Rondônia tem 8.140 casos ativos, 198.006 pacientes recuperados.  Além disso, 629 se encontram internados em hospitais da rede pública e privada

A taxa de espera por vaga na UTI é zero, assim como  559.643 testes  foram realizados e 173 resultados estão sendo aguardados.

Vacina

Desde o início da pandemia até esta quarta-feira, 28, o Estado vacinou 187.632 cidadãos com a 1ª dose e 69.417 na 2ª dose, sendo, ao todo, 257.049 vacinas aplicadas.

Números de novas mortes por cidades  

Nesta quarta-feira (28) foram registrados 17 óbitos por covid-19 no Estado, desses, três são  de Porto Velho, sendo duas mulheres (75 e 67 anos) e um homem de 52 anos; dois homens (55 e 54 anos) de Ariquemes; dois de Cerejeiras, uma mulher de 53 anos e um homem de 81 anos; dois homens (77 e 57 anos) de Nova Mamoré; um homem de 56 anos de Alta Floresta D’Oeste; um homem de 76 anos de Cacoal; uma mulher de 65 anos de Guajará-Mirim; uma mulher de 68 anos de São Miguel do Guaporé; um homem de 28 anos de Vilhena; uma mulher de 58 anos de Theobroma; um homem de 74 anos de Ouro Preto do Oeste e uma mulher de 54 anos de Jaru.

Esclarecimento 

Vilhena retirou 1 óbito após investigação epidemiológica constatar registro errado na evolução do cidadão, sendo retirado conforme conclusão da investigação.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Veja todos os relatórios de dados já publicados sobre a Covid-19 em Rondônia, clicando no link http://bit.ly/2EzHtco

Fonte
Redação com informações da Agevisa

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo