Destaque

Vilhena confirma morte de idosa por coronavírus e mais 52 novos casos da doença

Município registrou mais de 1.3 mil casos

Vilhena registrou um novo óbito e 52 novos casos confirmados de vilhenenses com covid-19, sendo 10 por RT-PCR, 32 por teste rápido e 10 por vínculo epidemiológico.

Além disso, foram identificados 30 novos casos suspeitos, um resultado negativo e 44 recuperados. Dessa forma, Vilhena registra até às 19h de hoje: 1.342 casos confirmados de vilhenenses, sete positivados moradores de outras cidades, 19 óbitos de vilhenenses, cinco óbitos de moradores de fora e 176 casos suspeitos. Há atualmente no município 316 casos ativos de moradores de Vilhena, bem como 1.008 já recuperados e oito transferidos.

O óbito registrado hoje é de paciente do sexo feminino com 61 anos e já havia sido divulgado no boletim de 25 de julho. Porém, após investigação epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde com a família da vítima, foi identificado que a paciente já estava no município há mais de 30 dias.

Isso significa que o contágio ocorreu em Vilhena e que, apesar de ter residência em Pimenta Bueno, a paciente passa a ser contada como um óbito de Vilhena. Internada no dia 23 já com necessidade de respirador, a paciente teve evolução rápida dos sintomas e veio a óbito no sábado, 25.

Há 15 pacientes internados em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19, sendo sete na UTI, dos quais cinco com necessidade de respirador (quatro do sexo masculino com 34, 70, 71 e 76 anos e um do sexo feminino com 88 anos), bem como outros dois pacientes na UTI, sem necessidade de respirador, ambos do sexo feminino com 42 e 77 anos.

Outros oito pacientes estão internados na Enfermaria da Central, quatro do sexo masculino com 29, 57, 61 e 88 anos e quatro do sexo feminino com 34, 35, 66 e 73 anos.

Todos os internados têm resultado positivo para covid-19. A taxa de ocupação de leitos da Central de Atendimento à Covid-19 é de 41,7% (sendo 70% na UTI e 31% na Enfermaria).

 

Fonte
Fonte: Semcom

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo