O dia

“Ceará da Assossete é inocente”, dizem amigos que acompanham audiência

Líder comunitário negou ter abusado sexualmente da idosa e disse que a tocou apenas para se despedir

Amigos do líder comunitário Ivan Bezerra França, o Ceará da Assossete, como é conhecido, estão em Cacoal acompanhando os desdobramentos da prisão do líder comunitário, que aconteceu nesta quarta-feira, 28, em Ministro Andreazza. Ceará é acusado de estuprar uma senhora de 81 anos.

Os amigos do autônomo que acompanham seu advogado contaram que ele – Ceará – alegou ser inocente e não entender até agora o que está acontecendo. Ceará, que foi levado para Cacoal, onde aconteceu sua audiência de custódia, disse que tocou apenas uma vez na senhora que diz ter sido violentada, e foi justamente para se despedir com um aperto de mão.

O líder comunitário confirmou ter entrado na residência, que tomou água, e que apresentou os produtos que vende. “Ele disse que chegou a passar o produto na cerâmica da casa para fazer uma demonstração, mas reiterou não ter abusado dela”, disse um dos amigos que estão em Cacoal.

Em sua versão, a idosa relata que Ceará teria entrado na sua casa e a surpreendeu na cozinha, e teria lhe beijado a força depois de descobrir que não havia ninguém em casa, em seguida mostrado o pênis a ela. “Ele negou. Disse que nada disso aconteceu”, relatou o amigo.

Ceará disse estar tranquilo, mas ainda aguarda os desdobramentos do caso na prisão. Veja mais sobre o assunto AQUI.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo