DestaqueO dia

Maioria dos casos suspeitos de coronavírus em Vilhena são descartados pelo Lacen

Restam seis pacientes cujos quadros clínicos ainda são considerados suspeitos

A prefeitura de Vilhena anunciou na noite desta segunda-feira, 30, uma das melhores notícias desde o início dos cuidados relacionados à proliferação do coronavírus: o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do estado de Rondônia realizou a maioria dos exames dos pacientes com quadros clínicos considerados suspeitos e que são moradores de Vilhena.  Todos tiveram resultado negativo para a doença.

Desta forma, Vilhena passa a ter seis casos positivos e sete já descartados. O município não registrou nenhum caso positivo da doença, porém tem seis pacientes ainda em condições clínicas consideradas suspeitas para a doença.

Na tarde desta segunda-feira, o secretário de estado da saúde, Fernando Máximo, confirmou a morte da primeira paciente em Rondônia que estava com coronavírus. A idosa de 66 anos morreu no domingo, e em seu atestado de óbito, além de constar a causa morte por Covid-19, há outros problemas de saúde.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo