DestaqueEspecial

Dicas para evitar atritos ao negociar um imóvel

As características do imóveis e suas condições devem ser verificadas antes de assinar o contrato de comprar o imóvel.

Adquirir um imóvel é uma das decisões mais importantes na vida de uma pessoa, e por isso merece ser analisada com bastante cuidado. Neste momento é necessário tomar uma decisão que não gere problemas futuros.

Seu objetivo ao negociar um imóvel

Antes negociar um imóvel, pense sobre a finalidade pela qual você deseja comprar esse bem. Se a intenção é ter uma casa própria para se viver sozinho, ou para morar com a namorada ou noiva, é indicado um tipo de imóvel, então pesquise e verifique se está dentro das suas necessidades. Mas se você souber exatamente o tipo de imóvel que você tanto sonha, poderá procurar opções que atendam ao seu gosto, sem correr o risco de comprar um local que não seja o que você queria. Outra coisa importante é sempre “manter os pés no chão” enquanto estiver a procura de uma casa ou apartamento. A última coisa que você quer é adquirir um imóvel que esteja acima do que você possa pagar e comprar algo por pressão.

Visite o imóvel antes da compra

As características do imóveis e suas condições devem ser verificadas antes de assinar o contrato de comprar o imóvel. Para fazer isso, agende algumas visitas, se possível, acompanhado de alguém que possa auxiliar a encontrar problemas que o imóvel possa ter e passe despercebido por você. Além de detectar vazamentos, mofo e rachaduras, verifique também a qualidade das janelas, pisos, portão, portas e área externa, se há alguma necessidade de fazer reformas ou ajustes de acordo com o seu gosto pessoal. Se você der uma olhada superficial no imóvel, dores de cabeça futuras podem acontecer e pegá-lo de surpresa.

Identifique a região mais adequada para se morar

Ao procurar um imóvel, deve-se prestar atenção à localização. Afinal, você provavelmente está em busca de uma moradia que fiquei perto do seu emprego ou da faculdade certo? Se ele estiver localizado em um ponto de acesso difícil, podem surgir alguns atritos durante a negociação. Então, verifique a segurança existente na região e até mesmo na sua rua e quais são os comércios mais próximos. É importante comprar apartamentos que sejam próximos a comércios, pontos de ônibus e instituições de ensino. Se possível, aos vizinhos e comerciantes como é morar na região e quais são as suas vantagens e desvantagens.

Observe se a região está em constante valorização

Mesmo que você tenha visitado ótimos imóveis e tenha um ótimo profissional te auxiliando nesse processo de compra, é ideal questionar sobre o preço por metro quadrado da região em que os imóveis que você está a procura estão localizados. Isso permite que você tenha mais confiabilidade no negócio e te assegura até conclusão da negociação. Outro fator importante é que você procure investir em regiões em fase de crescimento. Por exemplo, um imóvel que é pouco pesquisado atualmente pode ter um excelente imóvel daqui alguns anos e, é claro, valorizar seu bem patrimonial.

Verifique se a documentação do imóvel está regularizada

Antes de concluir assinar um contrato de compra de um imóvel, verifique se toda documentação relacionada ao bem e ao proprietário atual estão em dia, ou se a imobiliária ou corretor que você escolheu é de confiança para dar sequência aos trâmites burocráticos sobre o imóvel. Se você não tem conhecimento sobre o assunto, o recomendado é que você contrate um advogado para ajudá-lo nesses trâmites relacionados a documentação. Lembre-se de manter eles por, mais ou menos, 10 anos ou mais, pois podem surgir alguns imprevistos e assim você terá como comprovar que adquiriu o imóvel de forma legal.

Atente-se aos custos extras da documentação do bem

Um dos pontos cruciais para aqueles que compram um imóvel é sobre os custos extras da documentação. Se você está preocupado apenas com o valor do imóvel, as chances de esquecer totalmente os custos de emissão de toda documentação obrigatória são altíssimas. E eles não podem ser deixados de lado de jeito nenhum. Por isso, acrescente em sua conta os gastos com:

 ITBI;
 Registro de aquisição comprovada em Cartório;
 Escritura ou contrato de financiamento (caso houver);
 Pagamento do despachante;
 Pagamento dos profissionais envolvidos na venda.

Tire todas as dúvidas sobre a documentação exigida e, especialmente, o custo extra em todas as etapas da negociação. Assim, você evita ser pego de surpresa financeiramente.

 

Contrate um corretor de imóveis ou uma imobiliária

Corretores e imobiliárias são essenciais para que todo esse processo de compra, aluguel e venda de imóveis funcione, desde a escolha do imóvel até a negociação e a assinatura de contrato de forma legal reconhecida em cartório. Sem dúvidas, este é um dos processos mais burocráticos, mas com a ajuda de profissionais qualificados na área você terá a segurança e certeza que a negociação seguirá todos os trâmites. Porém, você precisa atentar-se, pois os golpes no ramo imobiliário estão se tornando cada vez mais comuns. Por isso, pesquise sobre a reputação da imobiliária ou corretor que você pretende contratar, para que esse tipo de situação não ocorra com você. Procure por indicações de conhecidos, assim você saberá se todo processo é concluído com segurança. Solicite também o número do CRECI do corretor e da imobiliária para verificar se eles estão credenciados pelo conselho. Fazendo isso, você reduz o risco de ter dores de cabeça.

Essas são algumas dicas de como evitar atritos ao negociar um imóvel. Ter seu próprio imóvel é uma das melhores coisas, mas é necessária muita atenção e cautela ao comprar esse bem. Então, sempre procure a ajuda de uma imobiliária de confiança e qualificada. Conforme dito ao longo deste artigo, procure sempre pela reputação da imobiliária envolvida e o registro no CRECI de corretores para evitar qualquer prejuízo pós compra.

 

Assessoria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo