DestaqueO dia

Coronavírus em Vilhena: novo decreto permite atuação de profissionais liberais; entenda como vai funcionar

Prefeitura fez uma lista de segmentos que não poderão atuar

Um dos maiores pontos de discussão criado durante a crise sanitária relacionada ao coronavírus no país está relacionado à situação econômica dos profissionais liberais e autônomos.
em seu novo decreto sobre os cuidados do município em relação à saúde econômica dos munícipes, o prefeito de Vilhena liberou a atuação de alguns destes profissionais:

Trecho do decreto assinado pelo prefeito Eduardo Japonês – foto: reprodução

No decreto, estão proibidos:

a) Shopping center, galerias e centros comerciais;

b) Tabacarias e charutarias;

c) Cinemas e teatros;

d) Exposiçoes e salões de conferências;

e) Clubes e piscinas de natação;

f) Academias de ginástica e esportes em geral;

g) Banhos/Balneários;

h) Boates, Pubs, Casas noturnas, Bailes, Espetáculos;

i) Boliches;

j) Praças de alimentação em feiras, shoppings e galerias;

k) Centros e espaços destinados a eventos;

l) Comércio ambulante;

m) Bancas de jornais e revistas;

n) Ginásios, campos, quadras esportivas;

o) Exposições, parques de diversões, quermeces e circos;

p) Auditórios, salões de conferências,

q) Bilhares e bares em geral;

r) Brinquedotecas, espaços kids, playgrounds, e espaços de jogos;

s) Conveniência de postos de combustíveis;

t) Autoescolas;

u) Lojas de vestuário, calçados e acessórios;

v) Salões de cabelereiros, barbeiros e clínicas de estética em geral.

w) Escolas de música, artes, línguas e congêneres.

x) Os demais estabelecimentos comerciais, excetuando-se os previstos

nos incisos II e III destes artigos, segundo texto.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo